Diretores falam sobre 'Black Is King', de Beyoncé: 'Mensagem sobre perdão'
Quarta-feira, 18 de Novembro de 2020    07h36

Diretores falam sobre 'Black Is King', de Beyoncé: 'Mensagem sobre perdão'

Fonte: Redação
Foto: Reprodução/Instagram
Cena de "Black Is King", de Beyoncé

 

Com o lançamento da Disney+, os fãs brasileiros de Beyoncé terão a oportunidade de assistir a "Black Is King", álbum visual que carrega a trilha mais recente da diva.

Splash conversou com Kwasi Fordjour e Jenn Nkiru, ambos responsáveis pela codireção do filme junto da cantora.

A produção tem a narrativa inspirada numa adaptação do roteiro de "O Rei Leão". Nkiru disse que o filme infantil tem mensagens que atingem a todos e que isso foi levado em conta na hora de decidir o roteiro.

A beleza de 'O Rei Leão' é que suas mensagens são universais. É sobre se autoentender, sobre comunidade e perdão. Queríamos ter uma conversa que abordasse esses temas, que fosse universal e que também tivesse relação com a África.

"Black Is King" reúne uma série de referências às mais diversas culturas africanas e seus rituais. A diretora diz que houve uma preocupação de mostrar uma espécie de reencontro de negros que vivem nas diásporas pelo mundo com seus antepassados.

O filme em si é uma conversa sobre diáspora. Queríamos ter certeza de que estávamos falando com todos, mas principalmente falando com nossas diásporas de uma forma que normalmente não é falada.

Já Fordjour destaca também que o filme traz uma mensagem de união para os negros pelo mundo e suas relações ancestrais.

Claro que não fomos a fundo em cada detalhe das diferentes culturas africanas, mas destacamos a força da identidade própria que vem de uma relação da ancestralidade com as diásporas. Isso é o principal fator de união.

Questionada sobre qual foi a principal dificuldade para adaptar o roteiro, a diretora riu.

Bem, como não se trata de um live-action, você já deve estar se imaginando o que foi mais difícil.

Tem uma coisa bastante óbvia que em 'O Rei Leão' todos são animais. No filme, nós lidamos com seres humanos.
Paciência para trabalhar com Beyoncé

Em uma entrevista para a revista "Vogue", Beyoncé disse que não é moleza trabalhar com ela e que é necessário "paciência", pois seu processo criativo é "minucioso".

Fordjour concordou com a cantora. Mas reforçou que, num trabalho tão grande como "Black Is King", lidando com pessoas de visões diferentes, paciência é fundamental com qualquer pessoa.

Na verdade, as pessoas precisam de paciência para trabalhar com a Beyoncé, comigo ou com você. No processo de criação, paciência é chave. Então, o que Beyoncé diz é uma verdade, porque é preciso de paciência para trabalhar com qualquer pessoa.

 

Guilherme Lucio da Rocha/Splash/Uol

Auto
AACC-MS
www.midianewsms.com.br
© Copyright 2013-2020.