GP da Hungria: Hamilton faz melhor tempo no primeiro treino, apenas 0s086 à frente de Bottas
Sexta-feira, 17 de Julho de 2020    06h48

GP da Hungria: Hamilton faz melhor tempo no primeiro treino, apenas 0s086 à frente de Bottas

Pilotos da Mercedes se revezam no primeiro lugar durante todo o tempo; Racing Point volta a apresentar bom desempenho, e Ferrari consegue superar RBR em Hungaroring

Fonte: Redação
Foto: Getty Images
Lewis Hamilton durante o primeiro treino para o GP da Hungria

 

A Mercedes dominou o primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Hungria, terceira etapa da temporada 2020 da Fórmula 1, e Lewis Hamilton foi o mais rápido, com apenas 0s086 de vantagem sobre companheiro de equipe - e líder do campeonato - Valtteri Bottas. Vencedor da última etapa (GP da Estíria), Hamilton fez 1m16s003 na sua melhor volta.

Sergio Pérez levou a Racing Point ao terceiro lugar, à frente do companheiro Lance Stroll, com Daniel Ricciardo fechando os cinco primeiros com a Renault. A Ferrari apresentou uma melhora de desempenho, com Sebastian Vettel e Charles Leclerc em sexto e sétimo lugares. Já Max Verstappen ficou apenas em oitavo lugar com a RBR. Completaram os dez primeiros Lando Norris (McLaren) e Esteban Ocon (Renault).

Resultado do treino

Tempos do primeiro treino livre em Hungaroring — Foto: Reprodução/FOM

Hamilton x Bottas

Mais uma vez a dupla da Mercedes foi protagonista em 2020. Desde os primeiros minutos, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas ficaram nas duas primeiras colocações, com os dois se revezando na liderança separados por poucos milésimos.

Apesar de ser um treino livre, os dois pilotos da Mercedes forçaram o ritmo em busca dos limites, tanto que Hamilton deu uma rara escapada no fim da reta dos boxes após travar os pneus na aproximação para a freada da curva 1.

Racing Point bem de novo

O segundo carro mais rápido na primeira sessão em Hungaroring foi o da Racing Point. Envolta em polêmica pelo protesto da Renault contra seus dutos de freios, que seriam os mesmos da Mercedes, a equipe ficou com Sergio Pérez em terceiro e Lance Stoll em quarto lugares.

Pérez, que pode ser substituído por Sebastian Vettel em 2021 (na futura Aston Martin) foi outro a dar uma bela travada no fim da reta dos boxes, só que no caso do mexican o pneu dianteiro direito foi bastante danificado, e o jogo não poderá ser mais usado no restante do fim de semana.

Kubica roda na saída dos boxes

Piloto reserva da Alfa Romeo, o polonês Robert Kubica substituiu Kimi Raikkonen neste primeiro treino livre e protagonizou a única rodada da sessão. Até aí tudo bem, mas Kubica perdeu o controle do carro na saída dos boxes, em baixa velocidade...

Kubica foi o 19º e último colocado entre os que marcaram tempo, 0s7 atrás do companheiro Antonio Giovinazzi. Com problemas no motor Honda do carro da AlphaTauri, Pierre Gasly não registrou tempo.

Garoa não atrapalha

Existe a previsão de chuva para todo o fim de semana em Hungaroring, e chegou a garoar na primeira sessão. No entanto, na maior parte da sessão o asfalto não chegou a ficar molhado, e todos os pilotos usaram pneus slicks para cumprir a programação.

Arte GP da Hungria2. Foto: Infoesporte

Por GloboEsporte.com — Budapeste, Hungria

Auto
AACC-MS
www.midianewsms.com.br
© Copyright 2013-2020.